A Escola

A Escola Modelo de Língua Japonesa (EMLJ) iniciou seus trabalhos em 1969, sob a iniciativa de vários pais preocupados em manter a língua japonesa, escrita e falada, para seus filhos. Em 1972, a EMLJ foi introduzida como um dos departamentos da Sociedade, atual Associação, Mineira de Cultura Nipo-Brasileira (SMCNB, atual AMCNB), tendo como primeiro diretor o Sr. Minoru Shimabukuro. Nesta época, a EMLJ ainda utilizava dependências alugadas.

Em 1991, com o auxílio da JICA (Japan International Cooperation Agency) e a Prefeitura da Província de Yamanashi (Japão), foi inaugurada sua sede própria nas dependências da AMCNB, situada à Rua Dom Lourenço de Almeida, 535, bairro Nova Cachoeirinha, em Belo Horizonte - MG. Desde então, a EMLJ tem se empenhado no ensino da língua japonesa, com um perfeito entrosamento com a JICA e outras instituições oficiais japonesas, através do oferecimento de bolsas anuais de estágio de curta duração no Japão, assim como para desenvolvimento de programas mais longos, incluindo entre elas, pós-graduação em universidades japonesas, em nível de mestrado e doutorado. Dezenas de nossos alunos, descendentes e não-descendentes de japoneses, já foram agraciados com várias modalidades de bolsas de estudo para o Japão.

Com uma equipe de professores altamente qualificados (com estágios periódicos no Japão), a EMLJ reúne condições não só para o Ensino Fundamental, mas também para cursos mais avançados da língua japonesa. Além do ensino do idioma japonês, a EMLJ mantém regularmente outras atividades ligadas à cultura japonesa, como soroban (ábaco japonês), origami (arte de dobradura de papel), shuuji (escrita japonesa com pincel) e bon-odori (dança folclórica japonesa).